quarta-feira, 23 de maio de 2007

Sobre a necessidade






Auto-poema

Você, sobre mim:
geme.





Lowice cream
Heloísa abaixo de zero.


língua-qual?-
O gosto da pele
na pele do rosto:

gelado de Heloísa.




Low-Temp
Heloísa, a noite esfria à medida que avança.


as mãos
frias
descendo por teus
peitos
e coxas te a r r e p i a:
os poros

fios:
dos braços
[e pernas
rebentam
o êxtase da tentação.





SexTo

gosto das
tuas duas
pernas

uma
sobre
a outra

como quem
?

resguarda o inetangivitável
:
minha rigidez pulsante
entre
em]
você.
.
.
.
.
.
felina

teu corpo
é linguagem pura

frágil refúgio
da minha loucura

metade prazer
metade tortura

(Lau Siqueira)

2 comentários:

ediney disse...

escrever poesias assim éão complicado e vc faz tão bem isso...escreve bem

p e t i t disse...

ai, as sensações das palavras.


você é muito foda.